Tuesday, July 12, 2022

Vida Selvagem no Catarse

 

Começamos essa semana a campanha de pré venda do Vida Selvagem no Catarse. O Projeto foi financiado pelo ProAC e tem previsão de lançamento entre final de agosto e começo de setembro. É uma pena que não vai ficar pronto a tempo pro FIQ, mas não vejo a hora de ver esse material impresso.

Consegui dar uma bela adiantada na pré produção da Meta 2 nas últimas semanas (boa parte inclusive durante minha ida ao Canadá) e se tudo der certo semana que vem começo a produzir a história nova.

Aliás, falando em Canadá, foi bem legal os dias que passei lá, dá uma puta vontade de voltar pra lá, mas vamos ver como vão as coisas por aqui... mês que vem tem FIQ, tem lançamento do Vida Selvagem, tenho que produzir a Meta 2, a Meta 3 e a Setembro estão no ProAC e eu tenho que insistir mais um pouquinho com a Companhia das Letras pra ver se eles me respondem quanto ao Dulce Veiga. Pensando bem eu devia ter ido lá na Bienal do Livro, né...

Humor: bom...
Ouvindo: Running Up That Hill (Kate Bush)
Lendo: The Boys (volume 2)
Assistindo: Stranger Things
Jogando: Homescapes
Comendo: guacamole
Bebendo: Red Bull
Na Net: Vida Selvagem no Catarse

Tuesday, May 10, 2022

Dobrando (ou triplicando) a Meta.

 

Esse mês vai ser corrido… Agora que o Vida Selvagem  já está em fase final chegou a hora de voltar ao Meta em duas frentes. Estou iniciando a produção da “Meta 2 – A Jornada do Leitor” e fazendo páginas para o ProAC da “Meta 3 – Baseado em Fatos Surreais”. Acho que temos que aproveitar que levamos o Jabuti ano passado para dar continuidade ao projeto. Paralelamente estou tentando viabilizar a publicação de “Onde Andará Dulce Veiga”, até pintei umas páginas (essa dai é a página 4). Acho que a Ozman Hypnus vai ficar pra 2023 mesmo.

Semana passada eu consegui fazer as 100 flexões do desafio do David, estou tentando fazer todo dia e aumentar as repetições para diminuir o número de séries, mas tá difícil.

Humor: bom...
Ouvindo: Everyday I love you Less and Less (Kaiser Chiefs)
Lendo: Heróis Renascem - Um Mundo Sem Vingadores
Assistindo: Better Call Saul
Jogando: Homescapes
Comendo: franguinho
Bebendo: Red Bull
Na Net: "Onde andará Dulce Veiga?" as VAGINAS DENTATAS no camarim.


Friday, April 29, 2022

Vida Selvagem e os meus enroscos.

Caramba já faz um mês isso? Pois é, conforme eu imaginava deu no que deu e meu namoro acabou tão rápido quanto começou... Ainda estou chateado, ainda estou machucado, mas tenho focado minhas energias na academia e nos projetos. 

Perdi quase 6 quilos nos últimos meses e tenho mais uns 7 pra perder, e estou tentando fazer o desafio do Davi de 100 flexões (hoje consegui fazer 60).

O Omar terminou as artes do "Vida Selvagem" e eu continuo tentando encontrar a capa do projeto (essa acima foi uma que não foi aprovada). Essa semana passei para um amigo o roteiro de "Setembro" uma história de terror que se passa no universo do Ozman e ele adorou. Vamos tentar o ProAC com ela e também estou tentando viabilizar a publicação de "Onde Andará Dulce Veiga", estou escrevendo e layoutando o meu "Runatal" e no segundo semestre tem "Meta 2" pra produzir. Acho que isso deve me manter ocupado sem chorar pelos cantos :(

Humor: instável, mas seguindo em frente
Ouvindo: Estranged (Guns 'n Roses)
Lendo: Heróis Renascem
Assistindo: Young Justice
Jogando: Homescapes
Comendo: peixe
Bebendo: Red Bull
Na Net: Runes in 'The Northman'

Tuesday, March 29, 2022

Loki não é seu amigo, Loki não é inimigo...

 Uma vez eu vi em um blog chamado "Heathen Problems" um texto que falava sobre a suspeita de que todas as deidades com quem você vem falado sejam Loki o tempo todo... e eu acho que talvez eu esteja em meio a uma disputa entre Freyja e Loki... 

Esse mês foi meio complicado por motivos que eu ainda não quero escrever aqui... Espero voltar aqui com um post super pra cima em breve, mas vamos ver, né... a minha parte eu estou fazendo, mas no final o destino pertence às Nornes.    

Humor: desanimado
Ouvindo: Swing Life Away (Rise Against)
Lendo: Guerra dos Reinos
Assistindo: Batman the Animated Series
Jogando: Homescapes
Comendo: queijo quente
Bebendo: suco de uva
Na Net: The Runes: Uruz ᚢ [Remake]

Saturday, January 22, 2022

As novas séries da DC

 

Semana passada estreiou na HBO Max a série do Pacificador (escrita e dirigida pelo James Gunn), a segunda temporada de Superman & Lois (do Greg Berlanti) e Naomi (personagem criada recentemente pelo Brian Michael Bendis para a DC), e eu não sei se elogio ou critico a variedade de estilos dessas séries ou a falta de coesão das mesmas. 

Pacificador é uma série de ação, violenta e com o tipo de humor característico de James Gunn. Eu nunca imaginei que iria me importar com uma série de um personagem tão bizarro quanto o Pacificador ou mesmo do Vigilante, personagens que eu li pouquíssimas histórias há uns 30 anos atrás. Mas depois do ótimo trabalho que o James Gunn fez em O Esquadrão Suicida eu só espero que ele continue produzindo conteúdo pra a DC.

Superman & Lois embora seja produzida pela HBO tem todas as bobeirinhas da CW (tem horas que parece que estou assistindo Riverdale), mas mesmo assim ela conseguiu criar a melhor Lois Lane que eu já vi. A relação dela com o Clark é melhor que em muitas HQs e embora o ritmo da série seja meio arrastado a primeira temporada foi bem interessante. O grande problema é que a maior parte das séries do Berlantiverso (não tem mais sentido chamar de Arrowverse) costumam começar bem mas logo despencam para os mesmo clichês... vamos ver pra onde vai essa segunda temporada.

 Já Naomi... em primeiro lugar eu nunca tinha ouvido falar dessa personagem e embora eu goste bastante dos trabalhos do Bendis na Marvel eu começo a achar que ele não combina com a DC. Naomi surgiu nos quadrinhos há menos de dois anos e parece que foi criada para estrelar uma série da CW... Acho que o mesmo foi feito com a Mulher Maravilha brasileira Yara Flor, que quase ganhou uma série também e que acaba de ter sua HQ cancelada. Eu assisti os dois primeiros episódios e achei EXTREMAMENTE genérica, e não ME empolgou nem um pouco, mas é ai que eu queria chegar. 

Será que essa falta de coesão é realmente um problema? Será que a formula da Marvel onde tudo acontece no mesmo universo compartilhado e boa parte das histórias tem o mesmo tom é a única forma de contar histórias de super heróis? Ano passado tivemos a segunda temporada de Stargirl e a terceira temporada de Titans e Patrulha do Destino e as três foram bem legais. Cada uma dessas séries se passa no seu cantinho do Multiverso e públicos alvos diferentes.  

Por outro lado tivemos uma PÉSSIMA sétima temporada de Flash seguida por cinco episódios horrendos de um crossover meia boca iniciando a oitava temporada. O final de Supergirl foi péssimo, não tive paciência para acompanhar as temporadas recentes de Legends of Tomorrow, Batwoman e nem o final de Raio Negro... e agora a CW anunciou uma nova série estrelada pelo John Digle um personagem inicialmente original da série do Arrow que acabou sendo incorporado nos quadrinhos, mas que no final é extremamente genérico. 

No final das contas EU não preciso que todas as séries sejam feitas para MIM... desde que se um dia forem fazer uma série do Questão ela não seja feita pela CW

Humor: bom
Ouvindo: I'm a Fake (The Used)
Lendo: Thor (Coleção Clássica Marvel)
Assistindo: Naomi
Jogando: Injustice
Comendo: bolacha com requeijão
Bebendo: toddy com nescafé
Na Net: We Need to Talk About Naomi

Monday, December 27, 2021

Tchau 2021, vai pra puta que o pariu.


 Ai, ai, e eu achando que 2020 tinha sido um ano merda... Pois é, se 2020 foi um ano em que eu me isolei num apartamento em Toronto, desenhei pra caramba e voltei pro Brasil por falta de opção, eu posso dizer que pelo menos eu lancei uma HQ, mas 2021... PUTAQUEOPARIU!!!

Bom, eu comecei o ano cheio de planos e ainda com esperança de que logo as coisas estariam melhores e quem sabe eu até voltasse para Toronto. Ledo engano. Peguei COVID nos últimos dias do ano e passei o último dia do ano na fila no hospital esperando ser atendido. Meu caso foi super leve e só serviu pra encher o meu saco, mas o isolamento e a volta ao Brasil zoaram minha cabeça um tanto quanto. Minha produção no primeiro semestre foi ridícula, cheguei a ficar mais de dois meses sem desenhar NADA, consegui NÃO cumprir quase nenhuma das minhas metas para esse ano e embora eu tenha encontrado mais vezes com amigos parece que eu me isolei mais ainda aqui em Jacareí.

Comecei a desenhar a "HQ Rúnica", não escrevi a Ozman Hypnos, fiz um monte de vídeos pro Throback Thorsday (que tiveram pouquíssima visualização), nadei pouquíssimo e não dei continuidade às aulas de Old Norse. Acho que alguns desse itens podem ficar pra lista de 2022, mas graças aos Deuses meus planos ganharam um upgrade.

Entre maio e junho eu fiz uma série de aquarelas de Star Wars e de um desafio proposto por uma amiga minha e fiz alguns desenhos para o Boteco da Justiça. Em outubro eu fiz o Ink Thor Beer e recebi a notícia que o Vida Selvagem havia sido contemplado pelo ProAC e em novembro a Meta ganhou o Prêmio Jabuti. A premiação deu uma agitada nas vendas mas acho que o mai importante foi o reconhecimento mesmo.

Bom, 2022 vai começar com Vida Selvagem mas também quero lançar a Ozman nova e ainda pretendo trazer a Kugatsu para a São Paulo das Trevas, produzir mais vídeos do Throback Thorsday e quem sabe fazer a minha "HQ Rúnica"

Anyway, chega de 2021, bora deixar tudo certinho pra quebrar tudo em 2022. 

Humor: bom
Ouvindo: Opticon (Orgy)
Lendo: Lanterna Verde
Assistindo: West World
Jogando: Injustice
Comendo: pão com salame
Bebendo: red bull
Na Net:  The Northman - Trailer

Monday, December 13, 2021

R.I.P. Anne Rice

 

Eu não tenho quanto quantificar a importância da obra de Anne Rice na minha vida. 

Não foram os livros da "Coleção Vagalume", não foi a coleção "Para Gostar de Ler" muito menos Machado de Assis (se dependesse dos livros que o colégio nos obrigava a ler eu provavelmente nunca mais pegaria depois de formado), "O Vampiro Lestat" foi o primeiro livro da minha vida que li por puro prazer. Foi a obra de Anne Rice que moldou o meu gosto pela literatura e abriu as portas para o mundo dos vampiros. 

Dos 21 livros que li dela o meu preferido continua sendo "Rainha dos Condenados" e seus personagens habitam minha imaginação de forma que é impossível não identificar a influência de sua obra em meus quadrinhos. Já prestei algumas homenagens a Anne Rice em minhas HQs, sendo a mais recente em "Marco Zero" a história do Demetrius Dante que eu escrevi para "Álbum de Familia". 

Embora a mais recente trilogia das Crônicas Vampirescas não estejam entre os melhores livros de sua obra, eu tinha curiosidade em saber qual seria o próximo passa para o Príncipe Lestat e para sua corte amaldiçoada. Descanse em paz Anne Rice, Rainha dos Condenados. #ripannerice

Humor: bom
Ouvindo: On the Beach (Richard Gibbs · Jonathan Davis)
Lendo: Queen of the Damned
Assistindo: Vinland Saga
Jogando: Injustice
Comendo: castanha
Bebendo: yogurt

Friday, November 26, 2021

And the Jabuti goes to... META!!!

 


E não é que o Meta levou o prêmio Jabuti? Não que eu não botasse fé, eu acho essa HQ DUCARALHO, mas se eu falar que as críticas que eu recebi do meu trabalho e que não ter sido nem indicado pro HQMIX não me deu uma abaladinha eu estaria mentindo.

Não vou ficar chorando as pitangas pq hoje é dia de celebrar, então bora terminar de montar o sketch book e cuidar do Vida Selvagem pra ano que vem a gente alcançar voos mais altos.

Humor: ótimo!!!
Ouvindo: Holiday (Madona)
Lendo: Floresta dos Medos
Assistindo: Mestres do Universo
Jogando: Injustice
Comendo: queijo
Bebendo: whey protein


Tuesday, November 09, 2021

InkThorBeer e boas novidades

 

Bom, eu acho que deu pra perceber que eu acabei não postando o InkThorBeer por aqui, mas eu postei tudo bonitinho no Facebook e no Instagram. Amanhã vou scanear tudo bonitinho e montar um skech book. Vou orçar pra ver se rola fazer um Catarse de fim de ano pra lançar durante a CCXP Worlds. 

By the way, fui selecionado pra CCXP Worlds, o Vida Selvagem foi contemplado com o ProAC e o Meta é finalista do Prêmio Jabuti na categoria História em Quadrinhos. Se eu estava precisando de um boost de ânimo acho que esse pacote veio bem a calhar. 

Humor: ótimo
Ouvindo: My Own Summer (Deftones)
Lendo: Semblant Blood Chronicles
Assistindo: Doom Patrol
Jogando: Injustice
Comendo: Hamburguer de Calabresa monstro
Bebendo: água de coco 

Friday, October 08, 2021

InkThorBeer dia 8: Odin

Pais de Todos, senhor da sabedoria, da poesia, das runas, da guerra e da morte. Filho de Bestla e Borr. Pai de Thor. Aquele que possui centenas de nomes, dono da lança que nunca erra seu alvo. Seus corvos Huginn e Muninn voam o mundo todos os dias para lhe contar o que ocorre em Midgard. A faceta com que eu melhor me identifico é a do Andarilho e é a ele que eu peço conselhos. 

Começando a segunda semana de Ink Thor Beer, a semana dedicada a Odin.

Hail All Father, Hail Odin!!! 

Humor: bom
Lendo: Arqueiro Verde
Assistindo: Archer
Jogando: Injustice
Comendo: Queijo com goiabada
Bebendo: redbull
Na Net: Bindrunes

Thursday, October 07, 2021

InkThorBeer dia 7: Machado

Embora fosse uma arma mais comum entre os vikings que a espada (espadas eram mais caras pois exigem mais metal que um machado) os machados não eram uma arma popular entre os deuses de Asgard. Espadas eram armas daqueles que tinham prestígio, enquanto machados eram armas do homem comum. 

Um dos mais famosos machados vikings é Hel (nomeado em homenagem à filha de Loki, deusa da morte e senhora do reino que leva seu nome) que pertenceu ao rei Magnus da Dinamarca.

Bom, terminei a semana de Thor do desafio, mas vou ter que dar uma corrida pra deixar semana de Odin adiantada, pq vou amanhã pra São Paulo e só devo voltar na terça.

Humor: bom
Ouvindo: Waterfalls (Death Cab for Cutie)
Lendo: Arqueiro Verde
Assistindo: Titans
Jogando: Injustice
Comendo: Pão com salame
Bebendo: suco de uva

Wednesday, October 06, 2021

InkThorBeer dia 6: Elmo

Diferente do que é comumente associado na cultura popular, os elmos vikings não tinham chifres. Os elmos com chifres dos vikings são uma invenção dos alemães do século 19 durante o período romântico em um movimento chamado Viking Revival. 

Perdi um pouco de tempo e atrasei essa postagem porque fiquei discutindo sobre Mitologia nórdica e cultura pop no Facebook. "Ah, mas o Thor é gordo", "Ah o Thor tá muito gordo nesse jogo", "A Angrboða negra não faz sentido", "O Loki é bissexual", "Todos os deuses nórdicos são transmorfos". Brother, LÊ a Edda, e para de usar isso pra justificar sua agenda. Não é uma questão de ser contra ou a favor dessa ou daquela pauta, mas quando você justifica algo sem ter conhecimento de causa, acaba dando munição pra babaca falar besteira e pior ainda fica parecendo que todo pagão nórdico concorda com esse tipo de fascistinha. 

Humor: bom
Ouvindo: Kick it (Peaches)
Lendo: Arqueiro Verde
Assistindo: What if
Jogando: Injustice
Comendo: Queijo
Bebendo: Vinho

Tuesday, October 05, 2021

InkThorBeer dia 5: Hidromel


Hidromel é uma bebida alcóolica criada a partir da fermentação de mel com água (e mais algumas ervas, frutas ou grãos). Embora hoje seja associado à cultura nórdica, foram encontrados resíduos químicos associados à fermentação de mel, em cerâmica chinesa datada de 7000 antes da era comum. 

Nas Eddas, além do Hidromel dos Guerreiros produzido pela cabra Heidrun temos também o Hidromel da Poesia feito a partir do sangue de Kvasir. 

O Hidromel Viking Blod é O MELHOR HIDROMEL QUE EU JÁ TOMEI!!! Eu experimentei pela primeira vez em uma reunião com o pessoal do Asatru e depois em alguns rituais, mas quando fui pra Copenhagen eu bebi todo dia esse hidromel que eu comprava no museu a poucas quadras do meu hostel. Eu mandei duas garrafas pelo correio pra casa, mas os deuses estavam com sede e uma delas quebrou na viagem. Uma amiga minha me levou num pub em Nova York onde tinha esse hidromel e eu voltei lá na última vez que estive na cidade.

#Mead #thor #vikings #vikingblodmead #octoberchallenge

Humor: bom
Ouvindo: Krigsgaldr (Heilung)
Lendo: Arqueiro Verde
Assistindo: Batman The Animated Series
Jogando: Injustice
Comendo: Queijo
Bebendo: Água

Monday, October 04, 2021

InkThorBeer dia 4: Drinking Horn

Por mais que seja comumente associado aos nórdicos e vikings hoje em dia, o Drinking Horn é usado desde a antiguidade pelos gregos. 

Em um dos contos do Gylfaginning na Edda em Prosa de Snorri, Thor, Loki e Þjálfi participam de uma série de desafios em Útgarðar. Um dos desafios de Thor consistia em tomar em um gole só todo o conteúdo de um drinking horn. Thor toma três goles mas apenas consegue esvaziar um pouco do recipiente. No dia seguinte quando o trio já estava fora de da fortaleza, seu anfitrião Útgarða-Loki explica o que como os enganou. Nesse desafio em específico Thor havia bebido de um drinking horn mágico e seu conteúdo era o próprio oceano. Seus goles foram tão poderosos que originaram as marés. 

A viagem à Útgarðar é uma história bem legal da Edda Poética e ja foi adaptada para os quadrinhos em várias histórias inclusive Pela Marvel. Vou deixar o link do Throwback Thorsday onde eu falo sobre isso.

Skål (aliás, esse desenho eu fiz pra ilustrar a capa da HQ Skål, um conto de Draconian. que qualquer hora eu tenho que finalizar pra lançar impresso)

Humor: bom
Ouvindo: Bandages (Hot Hot Heat)
Lendo: Arqueiro Verde
Assistindo: Y The Last Man
Jogando: Injustice
Comendo: Hamburger de Salmão
Bebendo: Limonada
Na Net: dune-avatar.com 

Sunday, October 03, 2021

InkThorBeer dia 3: Mjölnir


Aquele que detém este martelo, se ele for digno, possuirá o poder de Thor... só que não. O esmagador, o "fazedor se relâmpagos", o martelo de Thor só pode ser levantado e manejado por ele por ser extremamente pesado e por ter um cabo curto (por culpa de Loki). Mesmo assim Thor utiliza o Megingjörð (um cinturão que dobra suas forças) e as luvas de ferro Járngreipr para levantar o martelo. 
Mas o Mjölnir não era apenas usado para destruição, Thor o utilizava para ressuscitar seus bodes quando consumia a carne deles em longas viagens. 

Uma das características do Mjölnir que não é explorada na Marvel é a capacidade de aumentar e encolher podendo ser guardado dentro da camisa do deus do trovão (assim como os pingentes utilizados por pagãos hoje em dia). #octoberchallenge  #Mjolnir #Thor

O final de semana foi bem gostoso, pena que passou tão rápido. Semana que vem tem mais.

Humor: bom
Ouvindo: The Sign (Ace of Base)
Lendo: Prometeia
Assistindo: Titans
Jogando: Injustice
Comendo: dadinho de tapioca
Bebendo: água

Saturday, October 02, 2021

InkThorBeer dia 2: Bode

 


Bodes tem um certo destaque na religião e na vida dos povos do norte durante a era viking. Além de servir de alimento, temos alguns bodes famosos em Asgard e imediações de Tanngrisnir e Tanngnióstr os dois bodes de Thor que puxam sua carruagem pelos céus temos também a cabra Heidrun, que se alimenta das folhas de Yggdrasil e produz o hidromel dos guerreiros de Valhalla por suas tetas.

Outra história envolvendo um bode (que não tem seu nome mencionado) é relacionada à reparação de Skaði. Skaði é uma jötunn e deusa do inverno, do ski e da caça com arco. Ela também é filha de Thjazi, o jötunn que sequestrou Iðunn e que acabou sendo morto pelos deuses de Asgard durante o resgate da deusa da juventude. Skaði queria vingança, mas os deuses lhe ofereceram reparação. Primeiro Odin pegou os olhos de Thjazi e os jogou aos céus, transformando ambos em estrelas. Em seguida foi lhe prometido que os deuses a fariam rir, e isso não foi uma tarefa fácil. Muitos tentaram mas foi só quando Loki amarrou uma corda nas barbas de um bode com a outra extremidade nos seus testículos que ele conseguiu fazer a jötunn rir enquanto fazia um cabo de guerra nada prazeiroso. Os deuses também deram um marido a Skaði, mas isso é história para outro dia.

O mais maluco é que eu sempre gostei de bodes, sempre achei uns bichinhos legais. Meu studio chama Yes Cabrita, e tenho Tanngrisnir e Tanngnióstr tatuados no meu antebraço. 

Humor: bom
Ouvindo: Silent Morning (Noel)
Lendo: Prometeia
Assistindo: Titans
Jogando: Injustice
Comendo: jabutucaba
Bebendo: toddy

Friday, October 01, 2021

InkThorBeer dia 1: Þórr


Thor Odinson, Deus do trovão, portador do Mjölnir, senhor de Bilskirnir, ou como eu gosto de chamá-lo, Ruivão. Eu já falei da minha relação com o deus do trovão e sobre a influência do Thor da Marvel na minha vida pagã nos vídeos do Throwback Thorsday, mas só pra deixar claro, sim, dá pra ser nerd e pagão nórdico. 

Eu gosto de brindar Thor com cerveja Bock e a minha favorita na categoria por mero acaso é a Thor da Botto Bier. Faz muito tempo que não encontro essa cerveja que inclusive talvez tenha saído de linha, mas fica ai minha dica. 

Estou terminando a última página de layout da Meta (uma que está dando bastante trabalho), espero que elas sejam aprovadas e que o Saravá decida logo sobre a última capa (e vamos ver se semana que vem sai o resultado do ProAC, né...)

Amanhã estou indo pra São Paulo pra fazer um ritual presencial com alguns amigos que não vejo desde 2018 e no domingo vou ver se almoço com o Alex, mas amanhã e domingo tem post aqui e em todas as monhas redes socials.

Hail Thor

Humor: bom
Ouvindo: A Drug Against War (KMFDM)
Lendo: Prometeia
Assistindo: Stargirl
Jogando: Injustice
Comendo: Amora
Bebendo: água

Tuesday, September 28, 2021

Ink Thor Beer


Ah, que beleza, esqueci completamente de postar por aqui... mês passado eu me concentrei nas capas variantes da Meta, que vai sair lá nos States ano que vem, mas alem delas até fiz mais uns desenhos que eu podia ter postado aqui (inclusive a do Bolsonaro que eu fiz semana passada), mas realmente esqueci...

Semana passada saíram os indicados ao HQMix e eu fiquei meio chateado que a Meta se quer foi indicada em nenhuma categoria. Se eu falar que isso não me afeta eu estaria mentindo... Estou há alguns meses esperando a resposta do ProAC e estou torcendo muito que role... estou precisando de uma vitória pra variar um pouco. 

Essa semana eu começo mais um daqueles desafios de outubro que não devem ser nomeados, e como eu adoro um trocadilho, esse ano nós vamos de Ink Thor Beer. Acho até que se vacilar dá pra usar algumas das ilustrações pra alguma coisa, montar um sketch book e até evoluir isso ano que vem pra um projeto um pouco maior. Vamos ver...

Humor: ok
Ouvindo: Boom (P.O.D.)
Lendo: Evento Leviatã
Assistindo: Robot Chicken
Jogando: Injustice
Comendo: Hamburger de Calabresa
Bebendo: limonada com morango
Na Net: Strange but Tru(ly Old): Weird Tales of Norse Myth

Tuesday, July 20, 2021

Chewbacca!!! What a Wookiee!!!

 

Ok, eu já devia ter parado com os desenhos de Star Wars há algum tempo, mas estou gostando bastante das experimentações e acho que acertei em cheio nesse Chewbacca. Tenho mais dois personagens desenhados e uma Mulher Maravilha estilo Art Noveau pra fazer na aquarela, mas também tenho algumas coisas do Meta pra fazer incluindo algumas pin ups que podem virar capas alternativas. 

Passei mais de uma semana resolvendo coisas do ProAC, vamos tentar o Meta 2 e o Vida Selvagem novamente, espero que dessa vez role (de preferencia ambos). Esse final de semana fui pra São Paulo jogar Battlestar Galactica e bater papo com o pessoal e foi bem divertido. Acho que agora com as duas doses no braço as coisas vão começar a voltar ao normal (dentro do possível). 

Nos próximos finais de semana vão rolar alguns eventos pequenos no Buffet, mas mesmo assim é uma graninha, mas de qualquer forma quero ver se volto a postar aqui com um pouco mais de frequencia. 

Humor: bom
Ouvindo: Camel Walk (Southen Culture on the Skids)
Lendo: Prometheia
Assistindo: Legends of Tomorrow
Jogando: Injustice
Comendo: queijo
Bebendo: suco de uva
Na Net: PRECONCEITO COM QUADRINHOS? A Universidade NÃO gosta de gibis

Thursday, July 01, 2021

Happy Canada Day (e feliz ano novo)


 Fiz mais desenhos de Star Wars e ainda estou com vontade de fazer mais alguns... Depois de desenhar o Almirante Ackbar eu queria desenhar mais algum alien bizarro de #starwars, e o Mestre Jedi Plo Koon me pareceu uma boa opção. Ontem fiz uma Leia que talvez vire presente e quero fazer mais uns pra tentar vender, mas preciso scanear esses desenhos direito pq essas fotos estão bem mais ou menos.    

Fizemos um ritual de Yule bem legal semana passada, e estou finalmente vacinado. tomei a CoronaVac bem no dia da primeira lua cheia do inverno, uma quinta feira (dia de Thor) e isso me pareceu um bom presságio. Daqui umas duas semanas eu tomo a segunda dose e depois espero que (dentro do possível) a vida volte um pouco ao normal.

Dei um tempo nos vídeos do Throback Thorsday, mas ainda pretendo voltar a fazê-los, mas acho que primeiro vou traduzir e postar eles em inglês. 

Essa semana é semana de ProAC, vamos tentar novamente a Meta 2 e o Vida Selvagem com uma equipe nova. Ontem o Saravá assinou o contrato para lançar a Meta por uma editora americana, agora é torcer para que dê certo.

Vou tentar postar mais esse mês, prometo.

Humor: bom
Ouvindo: On route à 160 (Mareva Galanter)
Lendo: A Irmandade Bege
Assistindo: Batman the Animated Series
Jogando: Injustice
Comendo: torrada com requeijão
Bebendo: toddy com café
Na Net: Aberturas de todos os Super-Heróis Marvel